Violonista argentino com vasta experiência internacional interpreta Piazzolla



A CASA DA MÚSICA

Há dois meses, a Casa da Música Poa vem promovendo, através de suas redes sociais, uma série de recitais virtuais com o objetivo de levar para a casa de cada espectador apresentações com diversos músicos e musicistas nacionais e da América Latina.


Nesse sentido, o próximo recital da série CASA DA MÚSICA NA SUA CASA traz ao público apreciador da música uma seleção de obras de um dos maiores compositores argentinos, Astor Piazzolla, interpretadas ao violão. O próximo recital da série de recitais virtuais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA traz ao público apreciador da música uma combinação instrumental pouco comum, mas muito interessante: a fusão do violoncelo com o violão. Há dois meses, a Casa da Música Poa vem promovendo, através de suas redes sociais, uma série de recitais virtuais com o objetivo de levar para a casa de cada espectador apresentações com diversos músicos e musicistas nacionais e da América Latina.

No domingo, 13 de setembro, às 19h, o argentino Eduardo Castañera (violão), músico com vasta experiência internacional, apresenta Tangata del Alba e Milonga del Angel, além dos tangos La muerte del Angel e Escualo, todas composições de Astor Piazzolla (1921-1992). A performance foi gravada especialmente para essa série de recitais virtuais da Casa da Música Poa.

As apresentações dos recitais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA seguem tendo novas estreias regularmente, sempre nos domingos, às 19h, e podem ser acompanhadas pelas redes sociais do espaço cultural.

REPERTÓRIO

Tangata del Alba

Milonga del Angel,

La muerte del Angel (tango)

Escualo (tango)



ONDE ASSISTIR

As apresentações dos recitais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA seguem tendo novas estreias regularmente, sempre nos domingos, às 19h, e podem ser acompanhadas pelas redes sociais do espaço cultural. Acompanhe os recitais nas redes sociais da Casa da Música Poa: - Facebook: https://pt-br.facebook.com/CasadaMusicaPoa/ - Instagram: https://www.instagram.com/casadamusicapoa/ - Youtube: https://www.youtube.com/casadamusicapoa

Eduardo Castañera


Eduardo Castañera nasceu em Buenos Aires, Argentina. Iniciou seus estudos de violão aos seis anos, tendo aulas com os mais conceituados maestros do mundo violonístico da capital argentina. Aos nove anos, apresentou-se nos principais centros musicais daquele país (Buenos Aires, Rosário e Mar del Plata). Em 1970, iniciou seus estudos de aperfeiçoamento com o maestro Abel Carlevaro. Obteve os primeiros prêmios nos seguintes concursos internacionais de violão: Porto Alegre (1975); Cidade de Quito (Equador, 1976); Alírio Díaz (Caracas, Venezuela, 1977); Prêmio H. Villa-Lobos, acompanhando a Orquestra de Câmara da Rádio MEC (Rio de Janeiro, 1980). Foi laureado nos concursos internacionais de violão organizados pela Radio France (ORTF) em 1979 e 1984, em Paris, e ainda no concurso da Cidade de Alexandria, em 1984, na Itália.

Lançou o CD P´al Sur, patrocinado pela Prefeitura de Porto Alegre, em 2002, que foi indicado, no ano seguinte, para concorrer ao Prêmio Açorianos de Música na categoria de Melhor CD de Música Erudita.

Em 2009, 2013, 2014 e 2018, participou do 1º, 5º, 6º e 10º Seminários Internacionais de Violão da UFRGS. De 2010 a 2018, participou do Andes y Sierras Guitar Festival, em Córdoba, na Argentina. De 2014 a 2018, participou do 1º ao 5º Cevennes Guitar Festival, na França. É criador e diretor artístico do RS Guitar Festival, cuja 1ª e 2ª edição ocorreram em 2016 e 2017. A 3ª edição está em preparação para 2021.

De 2010 a 2018, Eduardo Castañera realizou tournées pela Europa, tocando em Madri, Barcelona e Lanzarote (Espanha); Alès, Gex, Saint-Jean-de-Valériscle, Vézénobres, Nîmes, Boussac e Moissac (França); Cremona e Carpi (Itália); e Genebra (Suíça). Em 2018, lançou o CD Acordes, interpretando compositores latino-americanos. Em outubro de 2019, realizou uma tournée pela Europa e Oceania.




Atualizado: 10 de Set de 2020

Violoncelo e violão são as próximas atrações da série de recitais virtuais da Casa da Música Poa



A CASA DA MÚSICA

A Casa da Música Poa, espaço cultural consagrado há 11 anos em Porto Alegre, é reconhecida por promover em quase todos os finais de semana do ano recitais de música clássica. A fim de mostrar que, tomando todos os cuidados, a cultura e a arte não param mesmo em meio à pandemia, a Casa lançou uma série de recitais virtuais com diversos músicos e musicistas nacionais e da América Latina.

CASA DA MÚSICA NA SUA CASA

O próximo recital da série de recitais virtuais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA traz ao público apreciador da música uma combinação instrumental pouco comum, mas muito interessante: a fusão do violoncelo com o violão. Há dois meses, a Casa da Música Poa vem promovendo, através de suas redes sociais, uma série de recitais virtuais com o objetivo de levar para a casa de cada espectador apresentações com diversos músicos e musicistas nacionais e da América Latina.

No domingo, 06 de setembro, às 19h, teremos a apresentação do Duo Los Pampas, formado por Douglas Araújo (violoncelo) e Beto Chedid (violão). O repertório inclui Morro dois irmãos, de Chico Buarque (1944-), Alfonsina y el mar, de Ariel Ramírez (1921-2010) e Bebê, de Hermeto Pascoal (1936-). As três performances foram gravadas especialmente para a série de recitais virtuais da Casa da Música Poa.

As apresentações dos recitais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA seguem tendo novas estreias regularmente, sempre nos domingos, às 19h, e podem ser acompanhadas pelas redes sociais do espaço cultural.

REPERTÓRIO

Morro dois irmãos, de Chico Buarque (1944-)

Alfonsina y el mar, de Ariel Ramírez (1921-2010)

Bebê, de Hermeto Pascoal (1936-).



ONDE ASSISTIR

As apresentações dos recitais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA seguem tendo novas estreias regularmente, sempre nos domingos, às 19h, e podem ser acompanhadas pelas redes sociais do espaço cultural. Acompanhe os recitais nas redes sociais da Casa da Música Poa: - Facebook: https://pt-br.facebook.com/CasadaMusicaPoa/ - Instagram: https://www.instagram.com/casadamusicapoa/ - Youtube: https://www.youtube.com/casadamusicapoa

Duo Los Pampas


O Duo Los Pampas, que iniciou com uma interação virtual, traz a fusão incomum do violoncelo e do violão e tem o objetivo de difundir a música instrumental latino-americana.


Douglas Araújo


Violoncelista, aperfeiçoou-se na Louisiana State University (Estados Unidos). É membro da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro (OCTSP) e professor no projeto “Vida com Arte” da Universidade Unisinos. Participou de diversos festivais de música no Brasil, Argentina, Costa Rica, Estados Unidos e Alemanha.

Beto Chedid

Violonista, é professor graduado em Música pela UFRGS. Atua como compositor, cancionista, instrumentista de cordas dedilhadas e cantor. Tem interesse no repertório com sotaque do sul do Brasil e na música de outras partes do mundo.


Atualizado: 25 de Ago de 2020

Violoncelista Rodrigo Alquati e contrabaixista Walter Schinke interpretam Barrière e Rossini em performance gravada especialmente para a série de recitais virtuais da Casa da Música Poa



A CASA DA MÚSICA

A Casa da Música Poa, espaço cultural consagrado há 11 anos em Porto Alegre, é reconhecida por promover em quase todos os finais de semana do ano recitais de música clássica. A fim de mostrar que, tomando todos os cuidados, a cultura e a arte não param mesmo em meio à pandemia, a Casa lançou uma série de recitais virtuais com diversos músicos e musicistas nacionais e da América Latina.

CASA DA MÚSICA NA SUA CASA

Para manter aquecido o mês de agosto com novidades artísticas, o projeto de recitais virtuais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA segue levando através das redes sociais apresentações musicais para a casa de cada espectador. São interpretações no formato de solos e duos, com cantores e instrumentistas brasileiros e internacionais.

Excepcionalmente nesta terça-feira, 25 de agosto, às 19h, o Duo Bassphilus, formado por Rodrigo Alquati (violoncelo) e Walter Schinke (contrabaixo), interpreta Sonate à Deux, de Jean Barrière (1707-1747) em performance gravada especialmente para essa série de recitais virtuais.

OBRAS

Jean Barrière (1707-1747) Sonate à Deux I. Andante II. Adagio III. Presto



ONDE ASSISTIR

As apresentações dos recitais CASA DA MÚSICA NA SUA CASA seguem tendo novas estreias regularmente, sempre nos domingos, às 19h, e podem ser acompanhadas pelas redes sociais do espaço cultural. Acompanhe os recitais nas redes sociais da Casa da Música Poa: - Facebook: https://pt-br.facebook.com/CasadaMusicaPoa/ - Instagram: https://www.instagram.com/casadamusicapoa/ - Youtube: https://www.youtube.com/user/casadamusicapoa

Duo Bassphilus


O Duo Bassphilus – formado pelo violoncelista Rodrigo Alquati e pelo contrabaixista Walter Schinke – iniciou suas atividades em 1994, com o intuito de fazer música de câmara com os “pesos pesados” dos instrumentos de cordas, ou seja, com o violoncelo e o contrabaixo. O termo “peso pesado”, no entanto, refere-se somente ao volume e tamanho desses instrumentos, pois, ao contrário do que comumente se pensa, eles são instrumentos melódicos e virtuosísticos, tais como o violino e a viola. Como o próprio nome do duo sugere, os “amigos dos baixos” conseguem, com esta formação um tanto incomum, quebrar barreiras e preconceitos em relação a esses gigantes das cordas. Com um som aveludado e suave, típico desses instrumentos, o Duo produz efeitos e sonoridades ímpares nesse tipo de formação camarística, executando peças originais e arranjos de todas as épocas e estilos. Depois de uma longa e necessária pausa – de apenas vinte e cinco anos –, o Duo volta mais maduro e com toda a energia e vivacidade para se apresentar em palcos diversos, visando à difusão e ao aprofundamento de um repertório muito interessante e de grande  aceitação pelo público exigente e adorador da música camarística.



Rodrigo Alquati


Violoncelista, tem intensa participação no cenário musical do Rio Grande do Sul. Em 2002, recebeu duas vezes o Prêmio Açorianos, um de melhor instrumentista erudito na ocasião do lançamento de seu CD com sonatas de Brahms, e outro de melhor grupo erudito pelo CD “Kinematic”, do Musitrio. Foi indicado ao Prêmio Açorianos também em 2003. Suas atividades abrangem um grande espectro, incluindo apresentações ao vivo, gravações, participações em programas de rádio, recitais de música de câmara e divulgação da música brasileira composta para violoncelo. Além do repertório tradicional para violoncelo, tem uma seleção de músicas de compositores brasileiros de diferentes períodos e estilos. Realiza recitais de obras contemporâneas compostas para violoncelo solo de compositores gaúchos. É membro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) há mais de 15 anos.

Walter Schinke

Chefe de naipe, é contrabaixista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) desde 1990, e contrabaixista solista da Orquestra de Câmara da Ulbra desde sua fundação, em 1996. Iniciou seus estudos com Milton Romay Masciadri na Escola de Música da Ospa e no Curso de Extensão em Instrumentos Musicais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Música pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na classe de Hector Rossi, fez especialização em Contrabaixo na Escola Superior de Música de Würzburg, na Alemanha, sob a orientação de Michinori Bunya. Integrou a Orquestra Sinfônica da Paraíba de 1981 a 1989 e a Orquestra Jovem da Paraíba durante o bacharelado. Atuou como professor de contrabaixo para programa de crianças carentes (Projeto Espiral). Foi contrabaixista da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro de 1990 a 1996. Como convidado, atuou em várias orquestras, como a Sinfônica do Rio Grande do Norte, a de Blumenau, a do SESC/RS, a da PUCRS, a da UCS, a da Unisinos, a de Campinas e a Sinfônica do Estado de São Paulo, com a qual realizou, como convidado, turnê pelos Estados Unidos em 2002. Em 1985, foi premiado no Concurso Jovens Solistas da Ospa.



Últimas notícias

WhatsApp-icone

ENDEREÇO

Rua Gonçalo de Carvalho, 22

Porto Alegre, RS

(atrás do Shopping Total)

REDES SOCIAIS

Siga a Casa da Música POA

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
FALE CONOSCO
arrow&v

© 2020 por UpaDigital